domingo, 19 de outubro de 2008

Começo, meio e fim.

Ele estava sentado em um banco rodeado por árvores e pessoas fazendo sua caminhada diária. Ela senta ao lado dele, tímida, não havia mais nenhum banco alí perto. Será que ele notou sua presença?


"É você ?" Ele perguntou.
"O quê ?"  
"Não... não é." Ele falou desapontado.
Ela ficou um tanto curiosa. Queria saber do que se tratava, mas tinha medo da resposta.
"Espera aí, eu não sou o quê ?!
"Minha alma gêmea! Se você tivesse respondido sim, você seria..."
"Eu não acho que dá pra encontrar a almaa-gêmea assim...desse jeito"
"Ah é? E como você procura então ?"
"Eu não procuro"
"Acho que você é muito insegura"
"Porque??"
"Vive cheia desses porquês, e olha que eu acabei de te conhecer..."
"Eu acho que você não tem o direito de falar de mim assim"
"Você está apaixonada!"
"O quê? Por quem??"
"Haha, por mim.."
"Ora essa...você é muito cheio de sí"
"Se não estivesse apaixonada, não estaria aqui"
"Bom... eu só sou um pouco..."
"Indecisa. Você não deveria ter medo de se arriscar as vezes"
"Mas é perigoso demais..."
"É só saber em quem apostar."
"Mas e se for a pessoa errada?"
"Você aprende com o seu erro e segue em frente. E eu, aposto em você" 
Tocou levemente o rosto dela.
"Mas..."
Ele a interrompeu colocando seu indicador sobre o lábio dela, e falou bem baixinho no pé do seu ouvido:
"Eu tenho dois braços e duas pernas, por você eu poderia nadar o oceano inteiro"


Depois desse dia, passaram 15 anos, um ao lado do outro.
Hoje ele tem 70 anos e ela 68. Não estão juntos, mas eu te garanto que foi amor sim. E um dos mais lindos que eu já vi.
Amor não precisa ter um motivo pra começar, e nem pra terminar.
Não é paixão. Paixão é momentânea, amor fica pra sempre, mesmo que as pessoas se separem.
Ele pode começar assim, do nada, e acabar do nada também. Mas você nunca mais esquece.





27 comentários:

Max Psycho disse...

Gatinha, voce e suas histórias de amor, bom saber que ainda existe gente que acredita em amor, bjus gatinha e quando tiver com o coração partido me chama pra siar e beber que a gente resolve, bjus

Grazzi Evans disse...

Ooooun,quase chorei lendo esse teeexto,mew ;_;.Lindo!
-

Cara,tu falou tudo! E não é ser preconceituoso não,é ser realista! O povo não tá nem aí,tipo,esses da favaela,sabe? Alguns se fazem muito de coitadinho,mas são preguiçosos.Quem quer se dar bem na vida,ESTUDA! O que eles fazem? Vagabundeiam nas ruas,dando umas de ; é nóis na fita; depois vem quere da uma de coitado? Me poupe!

Olha,simplismente,concordo com tudo que você disse no comentário.
Eu não vou ficar rezando pra ninguém (até porque,err..Fiquei descrente dessas coisas de "Deus quis assim" ou "Reze").Eu só acho que a menina tem que se sair bem dessa (coisa meio impossível de acontecer =/).Tinha que arrumar outra pessoa enquanto aquele demente apodrecia na cadeia.

E tem mais! Acho incrível que,depois de tudo,ainda virem falar: "A família não tem raiva dele".A vá,vá...

றιką disse...

Obriigadaaah


___________________________________

Post pura verdadeee
tipoo admirador entendeeu??
Não esquesso maiis...
paoskasoak
bjsssssssss

Mika

T disse...

nossa
a última frase...LINDA!

Thiago disse...

Caraca que história linda *---*
Gostei muito de quando ele disse: "Você aprende com o seu erro e segue em frente. E eu, aposto em você". Ficou muito legal meeesmo!

- Tiffany, acho que você ficou curiosa né? adoro isso!

Um beijo!

Leticia disse...

Ooi Tifanny! Agora eu consigo comentar, é que eu não tenho orkut, e nem tinha conta no google, daí acabei de fazer um e-mail no gmail pra ver se dava certo, haha e deu!

Aaameei o texto, me "arrupiei" inteira hehehe.

Beeijo ;*
Letícia http://paper-heart.zip.net

Bem Resolvida disse...

lindo esse texto.
Essa frase sobre se arriscar e se não der certo aprender com o erro e seguir em frente...disse isso pro meu menino.rs

quem sabe......

beijos!

Nubinha disse...

Ain... que lindo, que fofo, que meigo, que romântico! Amei!

BJs

Robs disse...

Que belo texto! Todos deviam aprender com os erros e nao ter medo de arriscar, pq tem medo de arriscar nao vive verdadeiramente.

E realmente, nunca esquecemos um amor..

Bjos e parabens pelo post.

Natiih disse...

Amor. Seja uma longa ou curta história,bonita ou simples, verdadeira ou não. Se tiver a química,já é amor.

Beijos

Wagner disse...

Adorei o texto! Concordo plenamente que paixão e amor são manifestações subjetivas completamente distintas, ainda que sejam subjetivas! Adorei o teu blog e as referências ao cinema! Adoro O brilho eterno de uma mente sem lembranças! Beijos!

Robs disse...

Tem meme pra vc la no blog. Bjosss!

Gabriela M. disse...

Linda história.
Me lembrou o filme "Diário da nossa paixão".

Sarinha disse...

Adoreiii a históriaa..

Acredito no amor.. pena q ele ainda nao se faz presente na minha vida.. a nao ser em historinhas como essa!

Bjks
:)

Gui Vivian disse...

As relações que "dão certo", são sempre essas, as que começam quando tu menos espera!

Ô Tiff, cada vez teus posts me surpreendem mais, viu?!

Bonie disse...

Amor fica pra sempre. Fato.

Mesmo que acabe, fica. Sabe?

Lindo, Tiff :)

Sammyra Santana disse...

Eu acredito em amores assim!
Acredito mesmo!=)

eiei, tem uma brincadeirinha pra ti no meu blog. passa lá!

beijo

Enxaqueca disse...

Lindo texto... e amor é assim mesmo, não tem explicação... não termina, mas por vezes muda... E quando amamos de verdade, não prendemos ninguém...

Meme lá em casa pra vc...

Besos, guapa

Querido Diário Otário disse...

Suspirei *-*

Luka Jota disse...

Amei.. Adoro coisas desse tipo, romanticas, apaixonantes, simples mas intensas.
Voltarei para ler tudo, tudinho...

Amargo Caramelo's disse...

Uma história de amor não começa por 'era uma vez' e sim por um olhar, um sorriso, uma palavra, um abraço, um gesto...você falou tudo.
Escreve tão bem, parabéns *-*

biik disse...

cara, qe legal seu blog.
adorei o post, e aproveitei pra ler os de baixo tbem. vce qe escreveu todas ?
vou voltar mais vezes.

vce escreve mto bem !:D

http://bejomeliga.blogspot.com

Milla disse...

Que coisa linda isso!!
ahueaheiuahe

Amei!! Amei mesmo!!

Bjs!!

Mary West disse...

Genteee que doçura. Adorey mesmo, é assim que todas queremos neah? Um cara que nos siga até a eternidade. ;)

Varda disse...

Aii,velho..que lindo!!!

Janaína Moraes disse...

Olá, estou passando para divulgar meu blog.
O Estórias Medíocres traz de tudo um pouco, resenhas de livros, fofocas, comentários frutíferos e muita criatividade nos textos.
Passa por lá quando tiver um tempinho.

http://estoriasmediocres.blogspot.com

Aquela tal de brito disse...

nossa simplismente lindo
amor não tem data nem hora, muito menos motivo pra começar,
ahhhhhhhhhhh
espero começar logo o meu ;)
é a primeira vez que vim no seu blog, e adorei.
beeeijos;*