quarta-feira, 15 de outubro de 2008

A boy named Sue.

Bom, meu pai saiu de casa quando eu tinha 3 anos, e ele não deixou muita coisa para mamãe e nem para mim.Só este velho violão e uma garrafa vazia de bebida. Agora eu não o culpo porque ele fugiu e se escondeu.Mas a coisa mais malvada que ele já fez, foi antes de partir, quando ele veio, e me chamou de Sue.
Bem, ele deve ter achado que era uma piada, e isso deu em muitas risadas de um monte de amigos.Parecia que eu tinha que lutar a minha vida inteira. Alguma namorada poderia rir e eu ficava vermelho, e um cara riu e eu quebrei a cabeça dele. Eu tenho que lhe dizer, a vida não é fácil para um garoto chamado Sue. Eu cresci rápido e cresci malvado, meu início foi difícil e meus movimentos tornaram-se mordazes. Eu vaguei de cidade à cidade para esconder minha vergonha. Mas eu me fiz um juramento para a lua e as estrelas; eu procuraria os bordéis e bares, e mataria aquele homem que me deu aquele nome horrível. Bem, era Gatlandburg em meios de junho, eu mal cheguei na cidade e minha garganta estava seca. Pensei: eu vou parar e tomar uma bebida. Num velho saloon numa rua de lama, ali estava numa mesa sentado, o cachorro imundo e sarnento que me chamou de Sue. Bem, eu soube que aquela cobra era meu doce papai, através uma uma foto velha que minha mãe tinha, e eu conhecia aquela cicatriz no seu rosto e seus olhos maus. Ele era grande e curvado, e grisalho e velho, e eu olhei pra ele e meu sangue gelou, e eu disse, "meu nome é Sue! como você vai? agora você morrerá!" Sim, isto foi o que eu disse a ele. Bem, eu o acertei forte no meio dos olhos, e ele caiu, mas para minha surpresa, veio com uma faca e cortou fora um pedaço da minha orelha. Eu quebrei uma cadeira atravessando seus dentes, e nós quebramos a parede e saímos na rua, chutando e socando na lama e no sangue e na cerveja. Eu lhe digo que eu lutei como um homem forte, mas eu realmente não consigo lembrar quando, ele chutou como uma mula e mordeu como um crocodilo. Eu o escutei rindo, ele foi pegar sua arma mas eu peguei a minha primeiro.
Ele ficou lá olhando para mim e eu o vi sorrir. Ah ele disse, "filho, este mundo é cruel, e se um homem quer viver tem que ser durão, e eu sabia que não poderia estar lá para lhe ajudar.Então eu lhe dei esse nome e disse adeus, eu sabia que você teria que se endurecer ou morrer e foi esse nome que lhe ajudou a ser forte.Agora você só lutou uma luta idiota, e eu sei que você me odeia e você tem direito de me matar agora e eu não o culparei se você o fizer. Mas você tem que me agradecer antes de eu morrer, pela pedra no seu estômago e pela cuspida no seu olho, porque eu sou o filho da puta que te chamou de Sue". Bem, o quê eu poderia fazer, o quê eu poderia fazer? Bem, eu fiquei sem ar e joguei minha arma fora. O chamei de pai e ele me chamou de filho, e eu voltei com um ponto de vista diferente. Eu penso nele agora e sempre, toda vez que eu tento e toda a vez que eu ganho. E se eu tiver um filho, eu acho que o chamarei de ...

Bill ou George, qualquer coisa menos Sue! Eu ainda odeio aquele nome!

19 comentários:

Conde Vlad Drakuléa disse...

Permissão para subir à bordo, capitã!

Bravo, excelente post, essa música na interpretação do Cash é única! Que excelente gosto musical tens minha capitã!!! E que sacada de mestra a de colocar essa música em vosso delicioso blog em forma de post!!! YES! YES! MIL VEZES YES!!!
Mas já pensou se o cara chamasse "Maria Joana"???? Huáhuáhuá!!!
Amei o post! Beijos do conde!
ALL À BOARD!!!

Max Psycho disse...

um post excelent gata, parabéns bjus

Varda disse...

"meu nome é Sue! como você vai? agora você morrerá!"

uhuhu

Começo ácido!!
o/
Mais no final eu estava esperando uma risada sarcástica e algo do tipo "se fudeu,otário"
uahua!!

Sammyra Santana disse...

Adorei a história, moça!
Realmente, o cara ser chamado de Sue foi lasca!
O pai dele bem que podia arrumar outro jeitinho do filho dele crescer forte, nera? hauahuaha
Coitado do Sue... hauhaua

Beijoo

Issa Paz disse...

Ohh você mudou de link!

Vou mudar ok!?
Abraços!

Natiih disse...

Devia ter matado o pai. Porque a justificativa não é boa. O correto não é "fugir e fazer você ser forte",mas "ficar e te fazer forte".

Beijos

Robs disse...

HJahahahah, adorei o post. Um máximo! Eu tenho uma amiga que se chama Sue...hihihihi
Bjos!

றιką disse...

Está bridadooooh

[rsrsrsr]

Bjssssssss

Mika

Lua Sollara disse...

Minha cara, este texto é seu????? Pq se vc escreveu este e todos os outros que seguem abaixo... vc vai ser a minha roteirista... AMO SEUS TEXTOS... eles são melancólicos e ao mesmo tempo excentricos e ainda conseguem um ar dócil.... amo muito os teus textos...
Pode ter certeza, quando eu for cineasta, vc escreverá os meus filmes...parabens.

Grazzi Evans disse...

Cara,que legal esse post (é uma música?).

Excelente xD
beijos

A n i n h a a disse...

nossa
ameei o texto *-*

sanguinário e com final feliz :D
sério, acho que vou chamar meu filho de Maria, e sair de casa...
educar pra quee? assim é muito mais fácil :D
auhaushuas

beiijão querida

Thiago disse...

natiih falou tudo:

Devia ter matado o pai. Porque a justificativa não é boa. O correto não é "fugir e fazer você ser forte",mas "ficar e te fazer forte".


Brigado por passar lá Tiffanyyy
beijos

Gui Vivian disse...

Bahhhh muitooo tri!!!!

Dá um excelente curta metragem. Sério! :p

- Peter disse...

Waaaaa...
Umas das poucas músicas do Johnny que eu conheço.
Adoro. Deu até vontade de escutar denovo *O*

Biia (: disse...

kkkkkkkkkkkkk' Ele tem que por um nome mais "masculino" no filho dele msm... coitado, Sue é muito paia pra homem ;/ shaushaush

Beeeeeeeeeeeijoss ^^

Dayane Abreu disse...

Excelente, excelente texto. Dá até pra ouvir uma melodia de violão ao fundo, e uma voz de um cara durão narrando. Adorei.

Enxaqueca disse...

Bom, muito bom!

(comentário sem graça, eu sei, mas eu gostei de coração... rsrs... só que acabei de acordar e não dá pra filosofar nessas condições...)


Besos, besos...

Milla disse...

Mais um pedaço de filme para a coleção... Quando vai sair um roteiro completo???

To na espera....

Bjs!!

Mary West disse...

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!! EU AMO ESSA MÚSICA!! A tradução é boua de doer cara, não existe mais cantores assim. Cash na veia.